Economia

Inadimplência

Download

Quase 90% das Famílias do Paraná tinham algum tipo de dívida no ano que passou. Este dado deixou o Estado na liderança do ranking de endividados de 2017. Foi o que mostrou a Radiografia do Endividamento e Consumo no Paraná.

A radiografia foi elaborada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado, a FECOMÉRCIO/PR, com base em dados da CNC (Confederação Nacional do Comércio). Priscila de Andrade, Coordenadora de Pesquisas da FECOMÉRCIO/PR, diz o que esperar do comportamento do consumidor paranaense em 2018.

Tipos de Dívidas

Download

A Radiografia do Endividamento e Consumo do Paraná em 2017, elaborada pela Federação do Comércio do Estado, trouxe algumas informações importantes nos tipos das dívidas, na porcentagem da renda comprometida e no tempo do endividamento. Priscila de Andrade, Coordenadora de Pesquisas da FECOMÉRCIO/PR, detalha pra nós.

Endividamento

Download

O Paraná foi o Estado com o maior percentual de endividados em 2017. Segundo a Radiografia do Endividamento e Consumo, elaborada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná, com base em dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 87,9% das famílias paranaenses possuía algum tipo de dívida ao longo do ano passado. A média anual brasileira ficou em 60,7%.

Priscila de Andrade, Coordenadora de Pesquisas da FECOMÉRCIO/PR, aponta as razões para isso. Priscila também analisa a Intenção de Consumo das Famílias do PR em 2017.

 

Agro superando desafios

O agronegócio paranaense tem se empenhado em ajudar o Brasil a bater recordes na Balança Comercial. Depois do histórico desempenho de 2017, é preciso superar desafios para que 2018 atinja um patamar ainda mais superior.

O Superintendente do Sistema OCEPAR, Robson Mafioletti, cita avanços nas áreas sanitária e de infraestrutura. A recuperação dos preços internacionais dos bens primários e a safra recorde fizeram a balança comercial fechar 2017 com o melhor saldo positivo registrado até hoje. No ano passado, o país exportou US$ 67 bilhões a mais do que importou, melhor resultado desde o início da série histórica, em 1989.

2018: ano atípico

Conseguirá a Balança Comercial brasileira superar em 2018 o superávit recorde registrado em 2017? Quem faz esta análise pra nós é Robson Mafioletti, Superintendente do Sistema OCEPAR.

Agronegócio x Balança Comercial

O agronegócio brasileiro mais uma vez teve papel fundamental nos números da Balança Comercial brasileira. No ano que acabou de terminar, os negócios vindos do campo foram responsáveis por quase a metade das exportações registradas pelo País.

Quem destaca esta pujança é o Superintendente do Sistema OCEPAR, Robson Mafioletti.

Balança Comercial

A recuperação dos preços internacionais dos bens primários e a safra recorde fizeram a balança comercial fechar 2017 com o melhor saldo positivo registrado até hoje. No ano passado, o país exportou US$ 67 bilhões a mais do que importou, melhor resultado desde o início da série histórica, em 1989.

Para o Superintendente do Sistema OCEPAR (Organização das Cooperativas do Paraná), Robson Mafioletti, o resultado foi dentro do esperado.

Scroll to top